Aguarde...

Benvindos Benvindos

Seja bem vindo a Alvares

ÙLTIMAS NOTÍCIAS

Consulte aqui informação regular sobre a Freguesia

Campanha de Vacinação Antirrábica e Identificação Eletrónica 2021

Consulta dos cadernos de recenseamento - Saber onde votar

Cidadãos e cidadãs estrangeiros residentes em Portugal. Como votar nas eleições autárquicas 2021.

Período Crítico de Incêndios Rurais- 01 Julho a 30 Setembro

Não Arrisque! Evite Comportamentos De Risco.

Limpeza de terrenos obrigatória até 15 de Maio de 2021

Eleição para o Presidente da República - 24 de janeiro de 2021

INE inicia recrutamento para Censos 2021

GES INCIDENTES

Plataforma de gestão de incidentes.

COMUNICAR

Balcão Virtual

BALCÃO VIRTUAL

SOLICITAR

Assinar newsletter

NEWSLETTER

ASSINAR

Livro de Visitas

LIVRO DE VISITAS

ASSINAR

Números úteis

CONTACTOS ÚTEIS

CONSULTAR

GES TOPONÍMIA

Plataforma de gestão de toponímia.

CONSULTAR

Agenda de eventos

Consulte aqui os próximos eventos

Vitrine

Consulte aqui os últimos documentos

Assembleia de Freguesia - sessão de 27 de setembro de 2021

Categoria - Editais da AF

Administração - Data: 2021-09-17

Orçamento da receita e da despesa para ao ano financeiro de 2021

Categoria - Contas de gerência

Administração - Data: 2021-09-06

Opções do Plano para o ano 2021

Categoria - Contas de gerência

Administração - Data: 2021-09-06

Mapa de Pessoal

Categoria - Contas de gerência

Administração - Data: 2021-09-06

Orçamento da receita e da despesa para ao ano financeiro de 2020

Categoria - Contas de gerência

Administração - Data: 2021-09-06

DADOS ESTATÍSTICOS

19,7

ÁREA(KM²)

929

HABITANTES

47,2

HAB/KM²

3330

CÓDIGO POSTAL



MENSAGEM DO EXECUTIVO

Presidente

Seja bem-vindo ao site da junta de Freguesia de Alvares.

Cumpre-nos, nos próximos tempos, dedicar o nosso empenho a desenvolver um trabalho sério, em prol do desenvolvimento harmonioso da nossa freguesia.

Todos conhecemos os constrangimentos estruturantes antigos, que têm condicionado o nosso progresso, já para não falar dos mais recentes, que estão associados à dura e atual realidade do país…

Porém, neste contexto adverso, a nossa voz erguer-se-á sempre para pugnar para que de acordo com os recursos existentes, possamos beneficiar as nossas terras…

Nunca abdicaremos da defesa dos serviços públicos na freguesia, enquanto houver estado de direito no nosso país!

Trabalharemos para melhorar, então, as condições básicas, sejam de abastecimento de água, sejam a eterna questão das acessibilidades, entre outras melhorias materiais possíveis.

A questão social não será ignorada. Será contextualizada e encaminhada… Para o efeito, dotaremos a nossa freguesia de mais e melhor apoio social, trabalhando com outros para melhorar a nossa resposta.

A questão identitária e cultural do nosso povo, tal como o reforço cultural que nos agrega e que nos define como comunidade merecerá constantemente a nossa atenção, porque o nosso território tem, em primeiro lugar, um rosto humano que devemos valorizar, favorecendo o encontro e a aproximação das pessoas.

Assim, podemos potenciar turisticamente a região. Podemos beneficiar com a chegada de mais visitantes… quer procurando a nossa história e gastronomia, quer procurando o contacto com a natureza. O turismo é a valorização patrimonial, ambiental e cultural de tudo o que somos. Por conseguinte, é nosso desejo articular e melhorar, tendo em conta as estratégias e os operadores já existentes na freguesia.

A proteção civil será uma constante preocupação, em pareceria com os diversos agentes locais, pois vela por todos nós e pelos nossos bens...

Neste sentido, a floresta será também uma preocupação, nomeadamente através da implementação da ZIF Ribeira do Sinhel.

O futuro tem que ser pensado, de modo a estar pronto a receber propostas, de quem pretender investir na nossa terra, oferecendo condições de investimento reais na zona industrial da freguesia.

Para terminar, destacamos finalmente, a importância e a força de comemoramos neste mandato os 500 anos do foral do antigo concelho de Alvares.

É importante, porque o tempo que passa tantas vezes depressa necessita de parar. Somos todos feitos de datas, com elas aprendemos e recordamos, congregando forças para enfrentar os tempos vindouros. Neste contexto, junto somos mais e determinantes dos nossos desejos coletivos.

Bem haja.

Obrigado e Bem-haja.

Este site utiliza cookies. Ao utlizar o website, confirma que aceita a nossa politica de privacidade.